Turismo

A Rodovia do Aço faz parte da importante rota do turismo nas regiões Centro-Sul e Sul Fluminense. Os 200,4 quilômetros de extensão da concessão interligam municípios que em seus calendários oficiais sediam importantes eventos culturais. Além disso, entre o início – na divisa entre os estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro – e o fim do trecho concedido, em Volta Redonda, a BR 393 interliga-se com duas importantes rodovias federais, a Rio-Juiz de Fora (BR 040) e a Via Dutra (BR 116), o que aumenta o fluxo de turistas, pois torna-se um elo entre os três principais estados da região Sudeste – Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

 

O potencial turístico ao longo do trecho concedido da Rodovia do Aço se deve em especial ao perfil histórico das localidades que fazem parte do roteiro do ciclo do café. Cidades como Vassouras, Valença e Barra do Piraí sediam fazendas que pertenceram aos barões do café no século XIX. Cenários da época em que o fruto era considerado o “ouro verde” e garantia ao Brasil e à região riqueza e influência política. Toda essa herança cultural tem como marco o Festival Vale do Café, realizado anualmente em julho desde 2003, com eventos musicais e gastronômicos espalhados por 12 fazendas da região.

 

As prefeituras também têm desenvolvidos projetos com o objetivo de incrementar o turismo na região. Um dos mais recentes, da Prefeitura de Vassouras, é o “Corredor Turístico Cultural”, que prevê o fechamento do centro histórico todos os domingos, para facilitar a visitação dos principais pontos turísticos.

 

Iniciativas como essas fazem sentido. Pesquisa realizada pelo Sebrae em 2016 comprovou a importância desse tipo de evento para o turismo da região e do Estado do Rio. Quase 60% do público que assistiu aos espetáculos do Festival Vale do Café naquele ano pernoitou por até 4 noites nas cidades que sediaram os concertos musicais.

Rodovia BR-393 Km 233+600 nº. 61.701 Carvalheira, Vassouras/RJ

Copyright©2019 - KINFRA | Desenvolvido por Tática Web